Você sabe o que é Networking e qual a sua real importância?

Atualmente, no mercado de trabalho, o Networking – ou rede de contatos – é o que molda a diferença no profissional e principalmente nos relacionamentos em sua área.

Essa é uma ferramenta essencial, tanto para os que já estão no mercado de trabalho, quanto para os que estão buscando uma oportunidade.

Manter bons relacionamentos é fundamental para realizar o networking efetivo. Através da troca de informações e experiências, o profissional que realiza esta rede de contatos só tem a acrescentar em seu perfil de modo profissional e pessoal, entretanto é importante levar em conta que, para manter uma rede de contatos efetiva, você deve manter essa proximidade, visando não perder o contato com os demais profissionais.

Veja abaixo 5 dicas da palestrante Silvana Lages para manter um bom networking:

1. Busque a atenção de um, não de todo mundo
Fazer networking não é se autopromover para cada pessoa que você encontrar. Pense em seus objetivos e identifique quem seria a pessoa ideal para contribuir de alguma forma para você nesse momento, e dê atenção a ela.

Porém, você não pode pensar somente em você: analise o que você tem a oferecer ao seu interlocutor também, e não somente no que ele vai te ajudar. Essa é a melhor forma de fazer networking.

2. Ofereça ajuda
Não se subestime. Mesmo que esteja na presença de profissionais mais experientes, você poderá ser útil para eles. Sempre que tiver oportunidade de contribuir de alguma forma, faça. Seja humilde e ofereça-se para ajudar no que você puder.

Pode ser uma ligação para um conhecido seu na área em que a outra pessoa atua, ou mesmo o envio de um artigo para alguém importante para a outra pessoa. Essa é uma forma de se fazer presente e ser lembrado.

3. Importe-se com que os outros pensam
Ter uma atitude autocentrada e afirmar que não vai mudar porque “eu sou assim”, ou “esse é meu jeito” não vai ajudar você a conquistar a simpatia das pessoas. Para fazer networking você precisa se preocupar com a imagem que está passando. Isso não quer dizer que você precisa mudar sua essência, sua personalidade.

Porém, algumas pequenas mudanças talvez precisem ser feitas. Para isso, preste atenção em si mesmo e pergunte a amigos mais próximos que fatores como costumes verbais ou hábitos e gestos você tem habitualmente e podem não ser tão profissionais. Estralar os dedos a todo momento e vícios de linguagem como o “tipo assim” ou “tipo” intercalado a cada frase, por exemplo, são coisas que podem incomodar outras pessoas e atrapalhar seunetworking.

4. Demonstre sua apreciação
Você não precisa ser um bajulador para ser simpático. Ninguém gosta daquele puxa-saco que elogia de maneira artificial, mas todos gostam das pessoas que demonstram ser sinceramente gratas pelo seu tempo, conselho, indicação ou crítica construtiva.

Você vai ganhar pontos, por exemplo, ao se preocupar em escrever um e-mail gentil de agradecimento, mostrando de maneira educada de que forma a ajuda de alguém lhe foi útil. Ser atencioso e agradecido é uma forma elegante de ficar marcado.

5. Ouça com real interesse
Essa última dica é o conselho de ouro no networking. Não existe melhor maneira de causar uma boa impressão do que ouvindo atentamente. Prestando efetivamente atenção no que o outro está dizendo você poderá entender o que ele está colocando e, se não, fazer perguntas coerente e inteligentes.

Por fim, deixe a timidez e o medo de lado, almeje o sucesso, pois através do networking você pode construir pontes que vão proporcionar oportunidades em momentos pessoais e principalmente profissionais.

Fonte: http://www.verboeducacional.com.br

, ,

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.