Vigilância Epidemiológica investiga seis suspeitas de coronavírus em Araras

Araras tem, atualmente, seis casos suspeitos de coronavírus sob investigação da Vigilância Epidemiológica, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde.

Três novas notificações foram feitas nesta quinta-feira (19) e envolvem um paciente que voltou recentemente da Itália, um familiar dele e ainda um outro homem que esteve em São Paulo e teve contato com uma pessoa contaminada pelo vírus. Além deles, outras três suspeitas foram notificadas esta semana pela Vigilância – são três mulheres, que estão na faixa etária de 30 anos, apresentam sintomas suspeitos e têm histórico para investigação: duas delas chegaram recentemente dos Estados Unidos e a outra teve contato com uma pessoa contaminada com coronavírus em outra cidade.

Até o momento, Araras notificou oito suspeitas da doença – os dois primeiros casos foram descartados após a chegada do resultado de exames realizados pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL). Os outros seis pacientes aguardam a chegada dos laudos do IAL para diagnóstico dos casos. A previsão é que as análises sejam concluídas em 15 dias, mas o prazo depende da logística e da demanda do laboratório.

Todos os pacientes sob investigação, que apresentaram sintomas como dor de cabeça, tosse, dificuldade respiratória e febre, estão em isolamento domiciliar, medida adotada pelo Ministério da saúde para pacientes com sintomas suspeitos. A ação preventiva é realizada durante o período de possível transmissão do vírus, que dura cerca de 15 dias. Durante essas duas semanas, eles devem permanecer em locais bem ventilados, evitar receber visitas e também ter contato próximo com outros moradores da residência. A recomendação da Organização Mundial da Saúde é manter distância mínima de um metro do paciente.

A transmissão do coronavírus acontece por meio de gotículas respiratórias e o período de incubação do vírus pode chegar até a 15 dias, tempo em que os primeiros sintomas podem levar para aparecer desde a infecção.

Evitar locais com aglomeração de pessoas, lavar corretamente as mãos e cobrir a boca ao tossir e espirrar estão entre as principais medidas preventivas. Em caso de dúvida, os ararenses podem ligar para a Secretaria Municipal de Saúde para serem orientados. O telefone é 3543-1522.

 

Fonte: Secom/Prefeitura de Araras

,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.