Traumas faciais e a importância de primeiros socorros

Dentistas de Regina Duarte alertam: lesões traumáticas variam de simples fraturas em esmalte até a perda definitiva do dente

Um caso que chamou a atenção dos brasileiros foi a cirurgia às pressas pela qual passou a atriz Regina Duarte, 73 anos, que quebrou três dentes após sofrer uma queda enquanto caminhava em uma calçada irregular de São Paulo, ao mesmo tempo em que digitava uma mensagem no celular.

É sabido que, em casos de quedas com sangramento e traumas no rosto e boca, há um grande susto e o imediatismo de se procurar um pronto socorro. No entanto, dr. Marcelo Kyrillos, cirurgião dentista do Ateliê Oral, que cuida dos dentes de Regina há mais de uma década, esclarece que, em caso de traumatismo bucal, o ideal é que o primeiro atendimento seja realizado de forma imediata por um cirurgião dentista, que irá realizar exames clínicos e radiográficos do paciente para determinar a gravidade da lesão e como será o tratamento.

“No caso da Regina, prestamos os primeiros atendimentos, e fizemos o encaminhamento para o cirurgião plástico. Após a cirurgia, vamos aguardar mais um mês para a cicatrização e análises das raízes serão feitas. Caso não tenham sido fraturadas, recolocaremos os dentes de porcelana. Quando há fratura de raiz, o implante é o recomendado”, explica Marcelo Kyrillos.

Lesões traumáticas podem variar de simples fraturas em esmalte até a perda definitiva do dente. Os tratamentos variam de acordo com a gravidade do impacto, histórico de saúde bucal e outras doenças pré-existentes, idade do paciente, entre outros.“Em alguns casos, as chances de se recolocar o mesmo dente que caiu podem ser boas se o atendimento for rápido. Ainda assim, em muitos casos, depois de um tempo, o dente recolocado pode não se integrar à boca corretamente e faz-se necessário o implante. Hoje também temos soluções como a lente de contato dental, que preservam as mesmas características da coloração natural do sorriso”explica Kyrillos.

O especialista conta ainda que procedimentos complexos como a substituição de dentes perdidos, implantes, próteses ou mesmo a colocação de lentes de contato, hoje podem ser realizados sem dor e sem cortes, pois o computador é capaz de guiar a mão do dentista, em um procedimento totalmente digital, que exclui o erro humano.

“A cirurgia guiada vem ganhando adesão em consultórios de dentistas e cirurgiões do Brasil e do mundo. Trata-se da junção do escaneamento 3D da boca, com a tecnologia CAD/CAM, em português, “desenho assistido por computador”, e com a tomografia. A união dessas três tecnologias possibilita um guia cirúrgico que se encaixa na boca do paciente para “guiar” a mão do dentista e garantir que o procedimento não tenha risco de erro. A cirurgia guiada também é menos invasiva, pois não há necessidade de corte, somente um furo no local exato calculado pelo computador”.

fonte: Cynthia Trevisani / C3COM Comunicação e Relações Públicas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.