Santa Casa já utiliza monitores doados pelo Rotary Alvorada

Material foi comprado com recursos da vaquinha on-line, ação desenvolvida pelo clube de serviço no combate à Covid-19

A Santa Casa de Misericórdia de Araras já emitiu uma nota de agradecimento ao Rotary Club de Araras Alvorada pelos quatro novos monitores multiparâmetros que chegaram na última semana e já estão em uso no seu Pronto Socorro. O material foi comprado com recursos da vaquinha on-line, realizada pelo clube, como uma das ações no combate ao novo coranavírus – Covid 19.

“Agradecemos ao Rotary Clube Araras Alvorada, que sempre olhou com carinho para nossa querida Santa Casa”, manifestou o provedor do hospital, Eduardo de Moraes.

Ele ainda explicou, em sua manifestação, que o equipamento é imprescindível para este momento que estamos vivendo. “Esse aparelho monitora o paciente, apresentando todos os parâmetros de sinais vitais durante o período de internação em leito de unidade semi-intensiva”, completou.

A vaquinha teve início logo após o clube receber um ofício da Santa Casa, em 20 de março, solicitando doações para a aquisição de 12 novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), o que aumentaria a capacidade de atendimento aos pacientes que poderiam ser acometidos com a chegada da pandemia ao país. A proposta relatava que cada leito chegaria a um custo de R$ 110 mil, incluindo ventilador mecânico, monitor multiparâmetro e a cama hospitalar.

Vale lembrar que o Rotary Club de Araras Alvorada é um clube prestador de serviços à comunidade, que costuma fazer eventos para arrecadar dinheiro. No entanto, diante da quarentena e da requisição de isolamento social, não poderia criar nenhum evento que gerasse aglomeração e contato entre pessoas. Foi então que a associada Daniele Olímpio, que desde julho é a atual presidente do clube, resolveu criar a vaquinha on-line. “Pensamos nisso para que as pessoas pudessem doar de suas casas, sem se exporem ao risco de contrair a doença”, lembra ela.

Com o valor mínimo de contribuição estipulado em R$ 10, foi escolhida a plataforma abacashi.com para receber as doações. De pronto a própria Santa Casa apoiou o projeto e ajudou na divulgação, bem como toda a imprensa da cidade de Araras. Contudo, o projeto não poderia estender-se demasiadamente, pois, mesmo não sendo possível atingir o valor total de um leito de UTI, o dinheiro já arrecadado precisava ser investido no equipamento que pudesse ser pago e utilizado no tratamento, uma vez que o número de infectados passava a aumentar.

E assim, para encerrar o projeto, foi realizada uma Live Show com o cantor Waire Carneiro que, generosamente, doou seu cachê, tendo feito sua apresentação, na noite do dia 11 de abril, com transmissão pelo Instagram, Facebook e YouTube, e ainda motivando para novas doações. O evento também contou com sorteio de brindes para os colaboradores da vaquinha. E, após o show, às 22 horas, naquele mesmo dia, a vaquinha foi encerrada, arrecadando o montante de R$ 57. 321,80, com o apoio de 544 participantes.

Descontando a porcentagem administrativa da plataforma, foram repassados ao clube quantia de R$ 53.882,49, que inteirou o valor chegando ao total de R$ 60 mil, utilizados para a compra dos monitores, conforme pedido pela direção da Santa Casa em nova reunião, realizada no final de abril.

Como a demanda de equipamentos deste tipo estava muito grande em todo o país, a Santa Casa fez o pedido dos monitores, mas a empresa solicitou um prazo de 120 dias, o que justifica a demora para a entrega e instalação dos monitores que foram disponibilizados no Pronto Socorro do hospital, local onde são mais necessários no momento.

“Esse projeto representa esperança para mim, pois, em um momento de medo e imprecisão, a população se uniu para ajudar como podia e com o que tinha. De 10 a 10 mil, atingimos um resultado expressivo e não apenas financeiramente. Agora, graças à população de Araras, nossa Santa Casa está mais equipada e preparada para melhor nos servir. Não se esqueçam que não existem pequenos gestos de amor. Todo gesto de amor é grande!”, completa a presidente Daniele Olímpio.

Outras ações

Ao longo desses meses o clube ainda colaborou com outras entidades da cidade, cujo atendimento ficou prejudicado em razão da pandemia. Foram doados, por exemplo, em parceria com o Rotary Club de Araras Sul, mais de 2,5 mil litros de leite para a Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) de Araras.

O clube ainda participa do projeto Corona Zero, que irá aplicar testes, em parceria com profissionais de saúde da cidade, em idosos moradores em abrigos. Para isso, foi cadastrado o Asilo “Nossa Senhora do Patrocínio”.

Texto: Jornalista Rafael Faria

Fotos
Monitores foram instalados em leitos do Pronto Socorro da Santa Casa, local que exige maior demanda neste momento – crédito: Divulgação/Santa Casa

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.