Procon de Araras fiscaliza preços na cidade

O Procon de Araras está fiscalizando o preço de diversos produtos na cidade para evitar aumentos abusivos durante a pandemia do coronavírus (covid-19). De acordo com a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor, itens essenciais da alimentação como feijão, arroz e leite estão liderando as reclamações dos ararenses. Mantimentos como óleo e alho também aparecem entre os mais caros, segundo o Procon.

“Para combater esse aumento abusivo, estamos conferindo as três últimas notas fiscais dos estabelecimentos, a fim de comparar disparidades. A população tem nos ajudado muito neste cenário. Recebemos, em média, 20 reclamações de preços abusivos por dia”, comentou o diretor do Procon de Araras, Guilherme Buzolin Pimentel.

Para evitar aglomeração de pessoas e a exposição desnecessária, o Procon de Araras está realizando apenas atendimentos por telefone e internet. Quem tem dúvidas ou quer denunciar alguma situação deve ligar para o telefone 3542-8996 ou encaminhar a demanda pelo e-mail [email protected]

 

Fonte: Secom/Prefeitura de Araras

,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.