Prefeitura e Santa Casa iniciam tratativas para instalação de Centro Oncológico em Araras

O prefeito de Araras, Pedrinho Eliseu, o secretário de Saúde, Agnaldo Piscopo e o secretário de Planejamento, Felipe Beloto participaram, na manhã desta segunda-feira (12), de reunião com representantes da Santa Casa de Misericórdia. O tema da conversa foi o início das tratativas para a instalação de um Centro Oncológico no município.

Uma das principais dificuldades de pacientes ararenses em tratamento de câncer está relacionada à realização de radioterapia. Atualmente, todas as pessoas que precisam desse procedimento são encaminhadas para as cidades de Limeira e Piracicaba e muitas vezes têm que aguardar na fila de espera.

“O projeto para criação do Centro em Araras prevê a instalação de um acelerador linear, equipamento de alta tecnologia desenvolvido para emitir radiação em tratamentos para combater ou diminuir o avanço de tumores. Além disso, a ideia é centralizar, em um único local, a realização de quimio e radioterapia, o que oferecerá mais conforto e segurança aos pacientes, que além de estarem em sua cidade, também vão ser acompanhados pela mesma equipe durante todo o tratamento”, explicou Agnaldo.

Representando a Santa Casa estiveram presentes na reunião o provedor da instituição, Eduardo Moraes, o administrador hospitalar, Regis Roberto Oliverio, e o gestor da Santa Casa, Hildebrando Xavier de Sousa, que apresentaram dados e estimativas financeiras da instituição, além de outras informações relevantes para o andamento do projeto.

“Os pacientes com diagnóstico de câncer geralmente ficam fragilizados não só fisicamente, mas também emocionalmente. Em meio a isso, precisam enfrentar várias complicações para realizar a radioterapia, a começar pelo transporte para outras cidades, que só dificulta e torna toda essa situação mais sofrida. Oferecer um Centro Oncológico, onde esses pacientes possam ser atendidos de maneira integral, tanto na quimioterapia, que já é oferecida pela Santa Casa, quanto na radioterapia, sem precisar passar horas na estrada, é questão de humanidade”, explicou Pedrinho Eliseu.

 

Fonte: Secom/Prefeitura de Araras

, , , , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.