Pequeno vencedor

“Fico muito contente com as vitórias que estou conseguindo num esporte que gosto muito. Gostaria e acho importante que todas as crianças tivessem a oportunidade de praticar algum esporte que iria ajudá-las a entender sobre ganhar e perder, sobre disciplina e respeito”, assim começa o ararense Rafael Oliveira Galante, que aos dez anos vem conquistando títulos.
Rafael começou cedo a ter contato com o tênis, logo aos cinco anos, na Associação Atlética Ararense, clube pelo qual compete e que o ajuda com despesas como inscrições de torneios, alimentação e transporte. “Meu primeiro professor foi o Mauro Farias que me ensinou o fundamento do tênis. Depois, quando passei a fazer parte da equipe da Piscina, o professor Ivan Cressoni Filho me treinou no sentido de aperfeiçoar meus golpes. Hoje continuo a treinar no clube, agora com o professor Leonardo Cesarini que me ajuda a continuar crescendo neste esporte”.
O tenista, que é filho de Marina Figueiredo de Oliveira Galante e Paulo Renato Alves Galante, e irmão de Matheus e Thiago Oliveira Galante, de 12 e 14 anos, sempre teve o apoio da família, o que contribuiu para o seu crescimento no meio esportivo. “Meus irmãos também jogam tênis, participam de torneios e me incentivaram desde o início. O que é muito legal é que nossos pais sempre nos acompanham nos torneios que participamos”.
Rafael está no 4º ano do Ensino Fundamental, e apesar de estar se dando bem acredita ser novo para decidir se vai ou não continuar jogando. “Jogo por gostar e achar o tênis um esporte bacana. E é bom porque como estudo no período da manhã consigo conciliar com o treino duas vezes por semana no clube, então dá para conciliar os dois”.
O garoto que gosta de jogar em quadras de saibro, tem como um de seus sonhos disputar a Copa Itaú, mas enquanto isso não acontece aproveita para trazer títulos para a cidade. “Acabei de me tornar campeão pela Federação Paulista de Tênis do VI Torneio Infanto Juvenil de São Carlos, pela categoria 10M, com o AAA/Engetubo disputado dias 16 e 17 de setembro no Country Clube daquela cidade.
Também me tornei campeão dos últimos três torneios consecutivos que participei, todos disputados pela Liga Unitênis. Primeiro em junho em torneio disputado no Clube Mogiano em Mogi Mirim, em agosto no Clube Cerd em Descalvado e no mesmo mês, no Country Clube São Carlos. Considero todas as competições jogadas importantes, ganhando ou perdendo, como atleta sempre aprendo e evoluo”.
Rafael tem visto com muita satisfação e felicidade o número de projetos sociais que ensinam tênis a se desenvolver em Araras. “Qualquer esporte ajuda as pessoas a se tornarem disciplinadas e a respeitarem os adversários, e o tênis tem contribuído para que eu seja mais dedicado e organizado no meu dia a dia. Eu também acompanho e me inspiro nos meus ídolos, como o Rafael Nadal, por termos o mesmo nome e por ser canhoto assim como eu. E este ano tive ainda a oportunidade de ir ao Rio Open, assisti vários jogos, como os do austríaco Dominic Thiem que gostei bastante. Não sei se continuarei a disputar torneios, mas no momento estou feliz por tudo que conquistei. O tênis é um esporte difícil, competitivo, e só conforme eu for ficando mais velho saberei se quero continuar a competir”.

Informações:
http://www.piscinaararas.com.br/

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.