Pele sensível? Descubra a melhor Vitamina C para você

Que a Vitamina C é um ativo venerado por muitas pessoas graças aos seus múltiplos benefícios para pele, como antimanchas, antioxidante e antienvelhecimento, a gente já sabe. Porém, existem também aqueles que buscam por todos esses benefícios, mas ainda temem sofrer com fórmulas que possam sensibilizar e irritar a pele. Mas será mesmo que um dos grandes ativos dermatológicos, como a Vitamina C, necessariamente causa irritação? “Para pessoas com pele sensível e reativa, certas formas de vitamina C podem ser sim irritantes, causando ressecamento, descamação e vermelhidão. Por que isso acontece? Há muita química envolvida; existe o pH da fórmula, o pH da pele e a relação entre os dois”, explica o farmacêutico Maurizio Pupo, Pesquisador, Consultor em Cosmetologia e diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Ada Tina Italy. “Existem dois tipos de Vitamina C, a pura e a estabilizada. A forma de vitamina C com maior probabilidade de causar irritação em pessoas com pele sensível é o ácido L-ascórbico, a Vitamina C pura. Ela não pode ser misturada com a água, porque oxida, e não pode ser usada em peles sensíveis e com rosáceas, porque vai arder, já que ela é ácida. Por isso, ela tem compatibilidade limitada com a pele, aumentando assim suas propriedades esfoliantes e enfraquecendo a função de barreira, razão pela qual muitos tipos de pele sensível podem descamar, ficar vermelha e ter outras reações adversas”, acrescenta o farmacêutico. Em tese, produtos com Vitamina C pura podem irritar esse tipo de pele.

Além disso, produtos que são combinados com outros ácidos, como alfa-hidroxiácido, podem ser mais irritantes. Há razões potenciais pelas quais a pele pode sofrer irritação com vitamina C pura: “Uma barreira de pele fraca; sua pele pode não ser capaz de lidar com mudanças extremas de nível de pH ou pode não ser capaz de reajustar seu nível rápido o suficiente após a aplicação, interrompendo assim o delicado sistema”, explica Maurizio. “Isso é o que caracteriza a pele sensível”, acrescenta.

Mas ainda assim é possível acertar a fórmula para desfrutar dos benefícios da Vitamina C. “Hoje em dia é totalmente possível escolher o melhor tipo de Vitamina C para cada tipo de pele, mesmo que ela seja sensível ou apresente rosácea. No caso deste tipo de pele, a melhor Vitamina C é a estabilizada”, diz o farmacêutico. “A Vitamina C estabilizada não se oxida, podendo estar presentes em séruns (que são geralmente formulados com água). E ainda é possível ser aplicada em peles sensíveis porque não tem acidez: ela foi modificada com uma tecnologia que estabiliza a molécula”, afirma Maurizio. “Isso não quer dizer que a Vitamina C pura não seja boa para os demais tipos de pele. Ambas são ótimas e a eficácia é igual, com excelentes resultados no rejuvenescimento, mas fique de olho porque a fórmula com Vitamina C pura não deve conter água”, explica. É importante também optar por produtos livres de parabenos e que sejam testados dermatologicamente.

Para quem tem pele sensível, uma indicação eficaz é o C 20 Serum, da Ada Tina Italy. O produto traz a Vitamina C estabilizada, em alta contração, em uma versão especial do ingrediente que possui toque seco, textura fluida de rápida absorção e que principalmente não irrita ou torna a pele oleosa, podendo assim ser usada até mesmo em peles sensíveis e com rosácea. “Essa Vitamina C estabilizada não arde na pele, não se oxida e pode ser usada nas peles sensíveis e com rosácea”, explica. Além disso, o produto também conta com Difendiox, um ingrediente antioxidante exclusivo da Ada Tina Italy obtido a partir das folhas das olivas italianas e rico em polifenóis – o que ajuda a estabilizar ainda mais a Vitamina C. “Os polifenóis são chamados de antioxidantes de sacrifício. É como se eles pulassem em cima do radical livre, dessa forma preservando a Vitamina C e a saúde da pele”, diz Maurizio.

Por fim, o pesquisador ressalta que se você descobrir que sua pele está ficando irritada com algo em sua rotina de cuidados diários, a melhor coisa a fazer é visitar um médico. “Dessa forma, você terá um melhor entendimento sobre o seu tipo específico de pele e qual Vitamina C funciona melhor para você, existem opções para todos”, finaliza o farmacêutico.

 

Fonte: Maurizio Pupo, farmacêutico, pesquisador, consultor em cosmetologia, diretor de pesquisa e desenvolvimento da Ada Tina Italy

Imagem: Divulgação

, , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.