Parceria entre Secretarias viabiliza a implantação do Projeto Escola Sustentável

As Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Agricultura e de Educação idealizaram o Projeto Escola Sustentável que tem como principais objetivos a capacitação de servidores para reciclagem dos resíduos orgânicos gerados nas instituições pelo processo de compostagem e implantação de horta orgânica.

A primeira etapa consistiu na apresentação do projeto e capacitação dos servidores de oito unidades escolares: Emef Profª Adalgisa Perim Balestro Franzini; Emeief Ivan Inácio de OIiveira Zurita; Emef Prof. Júlio Ridolfo, Emef Antonia Marques Dahmen, Emef Joel Job Fachini, Emef Leonaldo Zornoff, Emei Prof. Luciana Daltro e Emef Thereza Colette Ometto. A ideia é que cada escola faça adaptações do projeto inicial de acordo com a realidade de sua unidade.

De acordo com o Manual para Gestão de Resíduos Orgânicos nas Escolas, realizado pela ONU e pela ISWA (International Solid Waste Association), mais de 62% dos resíduos gerados nas escolas paulistanas é composto por resíduos orgânicos, enquanto 20% são rejeitos, 15% são papéis, 2% correspondem a plásticos e 1% a vidros. É estimada uma produção de resíduos orgânicos de 134 g/por pessoa/dia nas escolas, que envolve os alunos e servidores.

Os resíduos orgânicos das escolas são prioritariamente gerados pelo preparo de alimentos e também das sobras das refeições e da manutenção das áreas verdes, jardins e hortas.

Em Araras, se considerarmos o total de alunos e servidores das escolas, com a mesma proporção em massa da geração de resíduos orgânicos que as escolas paulistanas produzem, são originadas aproximadamente duas toneladas de resíduos orgânicos por dia.

 

Fonte: Secom/Prefeitura de Araras

, , , , , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.