Nestlé confirma investimentos de mais de R$ 84 milhões em Araras

Investimentos começaram em 2016 e segue até o fim de 2018, gerando empregos diretos em serviços terceirizados

A Nestlé está investindo R$ 84,4 milhões em modernizações e iniciativas para tornar a sua unidade em Araras ainda mais sustentável, montante que começou a ser aplicado em 2016 e seguirá até o fim deste ano de 2018.

A informação foi obtida pela Prefeitura de Araras por meio da Assessoria de Comunicação da multinacional, e confirma os dados divulgados pela própria Nestlé no ano passado, quando anunciou a implantação do Centro de Tecnologia e Qualidade dentro da fábrica local, permitindo que a empresa consolide sua estratégia de controle e qualidade na segurança alimentar dos seus produtos. O valor da aplicação desses recursos engloba o Centro de Tecnologia e também investimentos em outros setores da unidade ararense.

Trata-se do maior investimento em fábrica feito pela empresa no Brasil neste período. Além de contribuírem para tornar as operações mais eficientes, as medidas também geraram importantes oportunidades de desenvolvimento na cidade, com a contratação de cerca de 450 profissionais terceirizados para a execução das ações.

“Com estes investimentos, a fábrica de Araras, além de ser uma das mais importantes unidades do grupo Nestlé, torna-se também um relevante centro de tecnologia, referência em gestão de processos e na formação de profissionais especializados”, comentou Donir Costa, gerente da fábrica da Nestlé em Araras.

Entre os destaques está a implementação de um sistema de filtragem de extrato de café, desenvolvido pela própria Nestlé, que permite aumentar a capacidade de exportação. A empresa também investiu em projetos como o de instalação de equipamentos para redução da emissão dos particulados da caldeira de biomassa e de um novo evaporador com sistema de compressão de vapor de alta eficiência, que permite a evaporação de água com zero consumo de valor. Além disso, o novo prédio do evaporador terá 100% de sua iluminação proveniente de células fotovoltaicas. Outra iniciativa é a renovação dos torradores de café e a instalação de um sistema de recuperação de energia, além da expansão do prédio de torrefação.

Entre os principais destaques foram investidos mais de R$ 20 milhões em equipamentos para reforçar a capacidade analítica de matérias-primas e substâncias utilizadas na elaboração dos produtos fabricados em Araras. Além disso, R$ 12 milhões foram destinados a iniciativas para a redução de emissões; e cerca de R$ 48 milhões para novas tecnologias para diminuir o consumo de água e energia, e otimização de processos.

 

Os investimentos em Araras

  • Implementação de um sistema de filtragem de extrato de café;
  • Redução da emissão dos particulados da caldeira de biomassa;
  • Novo evaporador com sistema de compressão de valor de alta eficiência;
  • Prédio do evaporador foi construído com materiais altamente eficientes;
  • Mesmo prédio: 100% de sua iluminação proveniente de células fotovoltaicas;
  • Renovação dos torradores de café e expansão do prédio de torrefação;
  • Instalação de um sistema de recuperação de energia no prédio de torrefação;
  • Equipamentos para reforçar a capacidade analítica de matérias-primas;
  • Iniciativas para redução de emissões;
  • Diminuição do consumo de água e energia, e otimização de processos.

Fonte: Secom/Prefeitura de Araras, com informações da Assessoria de Comunicação da Nestlé.

, , , , ,

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.