Na Semana Mundial da Alergia, ASBAI cria o Registro Brasileiro de Anafilaxia

O registro pode facilitar a produção da adrenalina autoinjetável no Brasil.  Semana Mundial da Alergia acontece de 13 a 19 de junho.

A Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI) anuncia a criação do Registro Brasileiro de Anafilaxia, que – a partir de agora – vai permitir rastrear as manifestações clínicas da doença na população, bem como a sua evolução, os principais agentes etiológicos e os tratamentos instituídos durante o atendimento de emergência, nas diferentes faixas etárias.

Desta forma, permitirá que propostas em nível de Saúde Pública possam ser implementadas, visando garantir melhor abordagem clínica e terapêutica dos pacientes com anafilaxia e, por consequência, proporcionar mais qualidade.

O Dr. Dirceu Solé, Diretor de Pesquisa da ASBAI, explica que à semelhança do que se tem observado com a maioria das doenças alérgicas, a prevalência da anafilaxia está aumentando. “Os dados nacionais são escassos e limitados a pequenos grupos populacionais específicos”, conta Dr. Solé.

O registro será preenchido pelo médico que atender o episódio de anafilaxia, sempre com a anuência do paciente. “Desta forma, mapeando os casos e apresentando as relevâncias inseridas no tema anafilaxia, queremos chamar atenção da indústria farmacêutica para que se interessem a produzir o autoaplicador de adrenalina, que hoje só pode ser adquirido pelo paciente via importação e a um custo muito elevado, tendo em vista a taxa cambial”, explica a Dra. Alexandra Sayuri Watanabe, Coordenadora do departamento Científico de Anafilaxia da ASBAI.

“Anafilaxia – Esteja Ciente, Esteja Preparado, Salve Vidas” é o tema da Semana Mundial da Alergia, que acontece de 13 a 19 de junho, organizada pela WAO – Organização Mundial da Alergia e replicada pelas sociedades médicas associadas em todo o mundo. No Brasil, a ASBAI é a responsável pela campanha.

Sintomas respiratórios, na pele e mucosas, cardiovasculares, gastrointestinais e neurológicos são característicos da anafilaxia, a reação alérgica mais grave e que pode levar ao óbito, caso a adrenalina não seja aplicada rapidamente.

A ASBAI estará com uma programação especial nas redes sociais, além de lives para pacientes e novos episódios no podcast.

Podcast: https://auv.short.gy/ASBAIpodcast

Facebook: https://www.facebook.com/asbai.alergia

Instagram: https://www.instagram.com/asbai_alergia/

Youtube: https://www.youtube.com/?gl=BR&hl=pt

Site: www.asbai.org.br

, , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.