Mercado Livre anuncia investimento de R$ 4 bilhões no estado de São Paulo

O Mercado Livre anunciou nesta segunda-feira (17) um investimento de R$ 4 bilhões no estado de São Paulo que gerará mais de 5 mil empregos até o final de 2021, sendo 4,1 na área de logística, 450 em tecnologia e mais 450 em outras áreas.

Segundo Fernando Yunes, vice-presidente sênior da empresa, 85% dos vendedores do Mercado Livre estão em São Paulo e por isso o investimento em logística será realizado no estado. “

“Das 7,2 mil vagas que vamos abrir neste ano no Brasil, 5 mil serão em São Paulo. No próximo ano, o investimento deve ser ainda maior. Vemos um potencial enorme de crescimento no e-commerce”, disse Fernando Yunes, em evento realizado na cidade de Cajamar (SP). Algumas dessas vagas de trabalho já estão disponíveis no site https://jobs.mercadolibre.com/.

A parceria entre o Mercado Livre e o Governo de São Paulo prevê também a criação de 100 mil vagas do curso “Como vender online?”, criado pelo Mercado Livre em parceria com Centro Paula Souza e Sebrae-SP, por meio do programa Empreenda Rápido. A empresa ainda vai oferecer descontos para participantes do Empreenda Rápido, programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado e Sebrae-SP. As inscrições devem começar no segundo semestre.

“Além disso, 340 mil empreendedores terão direito a linhas de microcrédito em condições especiais no Banco do Povo, assim como descontos nas maquininhas do Mercado Pago, um mês de taxa zero, bônus de crédito, capacitação no Mercado Ads”, disse a secretária de Desenvolvimento de São Paulo, Patrícia Ellen.

Os estudantes das Etecs e Fatecs de Cajamar, Louveira, Sorocaba e Osasco também serão beneficiados com os investimentos do Mercado Livre na região. Esses estudantes serão direcionados para as vagas abertas pelo programa Minha Chance, voltado principalmente para jovens de 18 a 24 anos, que é a faixa etária mais impactada com o desemprego na pandemia. Além disso, o Mercado Livre irá apoiar o aperfeiçoamento dos cursos de Logística do ensino profissionalizante estadual.

 

Fonte: Fernando Yunes, vice-presidente sênior da empresa

Imagem: Divulgação

, , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.