João Franchozza, o Colêra: um ícone que será sempre lembrado

Na manhã dessa sexta-feira, 4 de janeiro de 2019 acordamos com uma triste notícia, afinal um ícone da comunicação de nossa cidade se vai, o famoso e muito querido Colêra, um dos mais importantes difusores do rádio em Araras. Ele faleceu hoje e nos deixa um legado de dedicação e trabalho que será lembrado para sempre.

João Franchozza, o Colêra, nasceu em 23 de junho de 1931, na cidade de Leme, e veio para Araras aos 20 anos, município em que começou a trabalhar e construiu a sua família, casando-se com Maria Terezinha Camargo Franchozza que lhe deu três filhos Fernanda Elizabeth, João Marcelo e Meire Terezinha, que junto dos netos são os grandes amores da vida do radialista. Além de sua família, o trabalho e a Rádio Clube foram suas grandes paixões até o fim, onde se destacou e se tornou uma lenda não somente em Araras, mas em toda a região, alcançando a admiração de muitos que na tarde deste 04 de janeiro lamentam a perda de um grande profissional que por décadas ficou conhecido por seu programa na rádio, o “Programa do Colêra”.

Sucesso absoluto de audiência na Rádio Clube Ararense, empresa a qual era também proprietário, o radialista teve uma trajetória de conquistas, marcou a sua geração e as demais que vieram depois dela, fez a diferença na cidade de Araras, a qual amava com todo o seu coração, de maneira a colaborar com seu desenvolvimento e fazer parte de sua história.

E neste dia triste do início de janeiro nos despedimos com saudades deste grande homem, todavia seu trabalho e colaboração com a sociedade ararense e com a área da comunicação serão lembrados para sempre, e é o que fica em nossa memória em forma de gratidão por tudo que ele nos deixa.

Neste momento não existem palavras suficientes que confortem o coração, mas de qualquer forma, nós da Revista Expressão, deixamos os nossos sinceros pêsames a toda a família, amigos e admiradores de João Franchozza, o Colêra.

O corpo do radialista será sepultado nesta sexta-feira (04/01), às 18h, no Cemitério Municipal de Araras.

 

Legenda da Foto:
Foto 01: Descontração e muita alegria durante ensaio fotográfico para o livro Eles Fazem o Progresso de Araras editada pela Revista Expressão em maio de 2006; Foto 02: Colera abre a sua intimidade para os leitores da Revista Expressão na edição de janeiro de 1998 e, em 1997, a Revista presta uma justa homenagem com o Troféu Expressão a esse ícone da comunicação de Araras.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.