Equipes da Guarda Civil Municipal de Araras-SP fazem parto ao atender denúncia de tráfico de drogas

Ação aconteceu neste domingo (4) na zona norte da cidade, na Rua Ribeirão Preto – entre o Jardim São João e Santa Rosa; mãe e criança estão fora de perigo.
Equipes da Guarda Civil Municipal realizaram um parto durante uma ocorrência de combate ao tráfico de drogas e o crime organizado na noite deste domingo (04), na Rua Ribeirão Preto – entre o Jardim São João e Santa Rosa, zona norte de Araras.
De acordo com informações da GCM, os agentes chegaram por volta das 20h30 no local para realizar a ocorrência, mas foram surpreendidos com a mulher grávida que começou a sentir contrações e entrar em trabalho de parto no local. Na residência onde estava não tinha energia elétrica, água e nem condições básicas de higiene.
“A criança começou a nascer com o cordão umbilical enrolado ao pescoço e acabei fazendo os primeiros atendimentos, enquanto o inspetor Gomes acionava o Samu. Minutos depois, a criança nasceu em meus braços”, comentou o guarda Corbanezzi.
Com a chegada do Samu, mãe e filha – chamada de Eloá – foram encaminhadas à Maternidade da Santa Casa de Araras. Os guardas que participaram da ocorrência e ajudaram a realizar o procedimento foram os gcms Gomes, Corbanezzi, Guadagnini, Marcelo e Simonetti.
“Tudo isso foi muito emocionante. A gente trabalha 30 anos na rua e nunca se depara com uma situação dessa. O sentimento é de ser pai novamente e saber que ajudamos a colocar uma vida na terra. Particularmente, não tive coragem de assistir o parto dos meus dois filhos, mas não teve como escapar. Além da assistir, participei”, finalizou Corbanezzi.

Fonte: Secom/Prefeitura de Araras

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.