Edições Sesc na FLIP 2018 tem obras sobre Fernanda Montenegro, Hilda Hilst e Tarsila do Amaral

Com início em 25 e término em 19 de julho, as Edições Sesc São Paulo participam da 16ª Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP) levando várias atividades relacionadas ao seu catálogo. Serão dez lançamentos, além de encontros com autores, visita guiada ao centro histórico e apresentações musicais, tendo como principal endereço a Casa das Edições Sesc São Paulo, localizada no centro histórico de Paraty.

Fernanda Montenegro é a personalidade convidada a abrir o evento – que nesta edição homenageia a escritora Hilda Hilst -, ao lado da pianista, escritora e compositora Jocy de Oliveira. A atriz fará a leitura de um texto sobre Hilda Hilst e sua obra. Não casualmente Fernanda, Jocy, Hilda e Tarsila estiveram entre as “modernas” em seus tempos de jovens adultas. Mulheres ousadas em suas atividades, e por sua postura frente ao mundo.

Fernanda Montenegro estará presente em mais duas atividades durante o evento em Paraty: no dia 26, no Sesc Caborê, ela fará uma leitura de seu projeto “Nelson Rodrigues por ele mesmo”, às 19h. Já no dia 27, no Sesc Santa Rita, Fernanda irá realizar um bate-papo com Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc São Paulo, e autografar seu livro Fernanda Montenegro: itinerário fotobiográfico, às 19h. Trata-se de um volume de 500 páginas e quase 700 fotos da vida artística e pessoal da artista, que página a página foi recordando e contando a sua história de muito trabalho e dedicação em mais de sete décadas nos palcos e diante das câmeras.

Dentre os destaques da programação da editora estão os lançamentos Fernando Lemos Hilda Hilst, do professor de literatura Augusto Massi em parceria com o fotógrafo português Fernando Lemos. A obra trata-se de um ensaio, em que o autor comenta o encontro entre Fernando Lemos e Hilda – que foi fotografada pelo poeta e fotógrafo em sua chegada ao Brasil.

Outra obra especial é Tarsila do Amaral: a modernista, da professora e ensaísta Nádia Gotlib. A autora traça a trajetória da artista plástica, debruçando-se sobre sua vida pessoal, sua formação artística e o circuito modernista. O livro aborda ainda o movimento Pau-Brasil e a Antropofagia, sem deixar de lado a postura da pintora em prol da diversidade e liberdade artística.

Nesta edição, outro destaque é a comunicação visual da casa, que irá trabalhar visualmente com três grandes nomes que fazem parte da programação de lançamentos. Fotografias da atriz Fernanda Montenegro, da escritora Hilda Hilst (1930-2004) e da artista plástica Tarsila do Amaral (1886-1973), superampliadas, foram distribuídas nas paredes de seu interior.

Livraria
A casa ainda contemplará um espaço para a venda de grande parte dos livros disponibilizados no catálogo da editora, assim como todos os lançamentos da programação com desconto exclusivo para os cinco dias de evento.

Ilha digital
Em formato de ilha e com diversos dispositivos de leitura, cada um contendo todos os títulos digitais do catálogo, este espaço da casa não só possibilita o incentivo à experimentação de seus recursos e aplicativos, como também apresenta um infográfico que explica o processo de aquisição de um e-book por meio de uma vídeo-animação. Além dos títulos exclusivos digitais, os livros convertidos em e-book já estão disponíveis nas principais lojas virtuais ou aplicativos.

Para saber mais sobre a programação do evento clique aqui.

 

Fonte: Sesc São Paulo

, , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.