Difendiox, Resveratrol, Vitamina B3 e Vitamina C, entenda como esses antioxidantes agem para defender a sua pele dos danos do sol

Além de conferir proteção extra à pele, essas moléculas são capazes de fazer um reparo e uma reversão de danos causados pela exposição solar excessiva

Você já deve ter ouvido falar sobre os radicais livres, mas sabe exatamente o que são eles?

“Radicais livres são moléculas com elétrons desemparelhados e capazes de subtrair o elétron faltante de outras moléculas estáveis. Isso causa danos celulares estruturais e funcionais que podem levar à diversas patologias e ao envelhecimento celular, afirma o farmacêutico Maurizio Pupo, Pesquisador, Consultor em Cosmetologia e diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Ada Tina Italy. “Os antioxidantes, por sua vez, são substâncias capazes de neutralizar os radicais livres através da doação de elétrons para moléculas instáveis – com elétrons desemparelhados – no sentido de trazê-las para o estado de normalidade e estabilizá-las e assim reduzir seu potencial destrutivo. Dessa forma, simplificando, podemos dizer que os antioxidantes são os responsáveis pela eliminação dos radicais livres”, completa.

No caso da pele, os radicais livres têm diversas causas, como a má alimentação e o tabagismo, por exemplo, mas a principal fonte dessas moléculas reativas é a radiação solar, tanto UVA quanto UVB. “Elas levam ao envelhecimento precoce da pele, doenças de pele, hipercromias – manchas escuras – e até câncer de pele, além de possuírem efeito imunossupressor”, diz o pesquisador Maurizio Pupo. Nosso corpo já possui um sistema antioxidante endógeno, mas por conta de um processo metabólico, o organismo produz mais radicais livres quando exposto aos raios UVA e UVB, portanto o reforço antioxidante deve ser feito, segundo o farmacêutico.

A ação dos radicais livres ocorre em uma camada mais profunda da pele, que deve ser alcançada pelo antioxidante. “Então, quando usamos um creme, a matéria-prima dele precisa ter boa permeação e chegar às camadas mais profundas para neutralizar a formação de radicais livres”, afirma. “Os antioxidantes podem neutralizar a ação dos radicais livres ou até reverter os danos, diminuindo a concentração dessas moléculas e a inflamação no local”, completa.

Segundo Maurizio, existem muitas moléculas que, quando aplicadas topicamente, conferem o máximo efeito antioxidante, evitando danos de radicais livres ao DNA celular e induzindo respostas antioxidantes naturais. “As principais são a Vitamina C, a Niacinamida, o Resveratrol e a molécula Difendiox”, afirma Maurizio.

Saiba mais sobre cada uma delas:

Vitamina C – De acordo com o farmacêutico, um estudo publicado pelo British Journal of Dermatology destacou a Vitamina C como um importante antioxidante para proteger a pele dos danos causados pela radiação UVB e UVA, incluindo danos ao DNA celular e a própria vermelhidão pós-sol. “Os cientistas observaram que na região tratada com vitamina C pura, após a irradiação solar, houve uma diminuição de 38% de sunburn cells – células marcadoras do dano UV, diminuição no marcador de eritema (fluxo sanguíneo cutâneo) em 51,89% e diminuição de 57,72% das sunburn cells após irradiação UVA”, afirma Maurizio. Mas é necessário ter atenção às fórmulas: produtos sem água em sua formulação evitam que a Vitamina C oxide e ajudam a manter a eficácia do ativo. Além disso, há tecnologias especiais de liberação prolongada da Vitamina C. “Isso faz com que o ativo seja liberado aos poucos na pele durante todo o tempo de uso, o que garante maior eficácia e resultados mais rápidos”, destaca o especialista.

Vitamina B3 – “No caso da Niacinamida, um estudo publicado no Journal of Photodermatology Photoimmunology and Photomedicine revisou dados da ação quimiopreventiva desse ativo. A Niacinamida, ou vitamina B3, aumenta o reparo do DNA, modula a reação inflamatória induzida pela radiação ultravioleta e reduz a imunossupressão induzida por esta radiação. Como a Niacinamida reduz a incidência de queratose actínica e de câncer de pele não melanoma em indivíduos de alto risco por reparar o DNA danificado de melanócitos, podemos dizer que a Niacinamida é um promissor agente quimiopreventivo também do melanoma em paciente de alto risco”, afirma Maurizio.

Resveratrol – Quanto ao Resveratrol, ele é altamente utilizado por conta do seu elevado poder antioxidante natural, sendo capaz de prevenir e até tratar inúmeras doenças devido ao seu poder antioxidante, anti-inflamatório, estimulante da expressão de sirtuínas e protetor dos telômeros.

Difendiox – Por fim, o especialista destaca que a molécula patenteada Difendiox, estudada na Universidade de Pisa, é um blend concentrado de 14 polifenóis da Oliva. “Esses polifenóis presentes na matéria-prima exclusiva Difendiox (defesa antioxidante) modulam a imunidade, oferecendo uma proteção biológica para a pele contra o sol. Se a imunidade da pele estiver reduzida, porque o sol é capaz de atacá-la fortemente, a homeostasia (equilíbrio) será mantida. Por mais que você tome sol, esteja estressado emocionalmente, ou tenha alguma doença, os polifenóis manterão em equilíbrio a imunidade da sua pele, evitando também que ela suba exageradamente”, diz Maurizio Pupo.

Por fim, Maurizio afirma que é recomendável utilizar produtos com esses ativos desde a adolescência, durante todo o ano (e com reforço no verão), já que as pessoas estão constantemente expostas à radiação. “Pesquisas indicam que a produção de antioxidantes pelo organismo já começa a sofrer queda a partir dos 20 anos de idade, sendo necessária a utilização de produtos tópicos com antioxidantes, além de incluí-los na dieta. De forma geral, eles podem ser usados tanto durante o dia, quanto à noite. Em alguns casos, eles estão contidos no protetor solar, caso contrário os produtos antioxidantes devem ser aplicados antes da proteção solar. É importante usar esses produtos, principalmente durante o dia e no verão, pois neste período temos uma geração maior de radicais livres, originária de diversas fontes”, finaliza.

 

FONTE: MAURIZIO PUPO: Farmacêutico, Pesquisador, Consultor em Cosmetologia, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Ada Tina Italy. Professor e Palestrante, Maurizio é Especialista em formulações cosméticas avançadas e autor de vários livros na área cosmética.

Imagem: Divulgação

, , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.