Devido à pandemia da Covid-19, 27º Cortejo de Águas de Oxalá será realizado on-line

Devido à pandemia da Covid-19 (Sars-Cov-2), o tradicional evento em Araras, o 27º Cortejo Águas de Oxalá irá acontecer nos próximos dias 29, 30 e 31, em formato on-line e transmitido pela redes sociais (Facebook e Youtube) do organizador, a Comunidade Religiosa Ilê Axé de Yansã.

Com apoio da Prefeitura de Araras, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, o Cortejo tem o objetivo a valorização e preservação da cultura africana, além de intensificar lutas contra o racismo e a intolerância religiosa. Em 2017, o Cortejo passou a fazer parte do calendário Turístico do Estado de São Paulo por meio da Lei 16.562 – de 31/10/2017.

“Sabemos da importância desta ação e o que ela representa não apenas para a comunidade negra, mas também para a história de Araras. Esta é uma data que está inserida na agenda permanente da cultura ararense. Outro diferencial é que a edição 2021 tem o aporte financeiro da Lei Aldir Blanc, que destinou recursos a projetos de agentes culturais locais e contemplou a entidade”, comentou o secretário Municipal de Cultura, Fredo Júnior.

Tema da edição 2021

Neste ano, o tema do Cortejo será “Omin Ewé – Água e folhas, cura da terra!” – que traz uma reflexão sobre a importância da água e das folhas para a cura, “espiritual e física”.

De acordo com a temática, a água é à base de nutrição de todo planeta e as folhas (florestas), além de serem o pulmão do mundo, são compostas de ervas curativas utilizadas pela ciência e por todas as culturas humanas. Neste momento onde perdemos milhões de vidas do nosso planeta por conta de um vírus reverenciamos a “Omin” (água) e a “Ewé” (folhas), pois são à base de toda cura da nossa terra. Além da realização do tradicional Cortejo, será comemorado o 11º Tefokafumi – Tenda de Formação Kafu Milodê.

Outras informações sobre o 27º Cortejo Águas de Oxalá podem ser obtidas pelo telefone 3541-5763.

Programação – 27º Cortejo Águas de Oxalá*

Transmissão 1 – Omin Ewé – Água e folhas, cura da terra!

19h30 – Doné Oyassy, Tata Kejessy (Élvio Motta), Neuza Maria Pereira Lima e convidadas (os). Lids Ramos – apresentadora. 20h50 – Música – Lele D’Oxê.

Transmissão 2 – Pandemia, violência e racismo religioso

19h10 – DJ Jotape – Coletivo Pic-Favela

19h30 – Rafael Pinto, Roberto Oliveira – Lids Ramos – mediadora. 20h30 – DJ Jotape.

Transmissão 3 – SarÁfrica e apresentação do livro digital – Ebook: Águas de Oxalá

19h30 – Marciano Ventura, Keila Silva. Sarau SarÁfrica – Coletivo Mãe África e Ilê Axé de Yansã.

 

*Realização: Ilê Axé de Yansã – ACAFRO – Prefeitura de Araras/ Secretaria Municipal de Cultura

Parcerias – Ciclo Contínuo Editorial – Coletivo Pic-Favela – SarÁfrica – Coletivo Mãe África.

** Atividade realizada com recurso do Edital de Apoio à Produção Cultural de Araras 2020 – Lei n 14.017, de 29 de Junho de 2020 – Lei Aldir Blanc.

 

Fonte: Secom/Prefeitura de Araras com informações da Comunidade Religiosa Ilê Axé de Yansã

Imagem: Secom/Prefeitura de Araras

, , , , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.