Crescimento do marketing digital em 2020 alerta para cuidados com a imagem

Não é nenhuma novidade que o consumo de conteúdo digital aumentou nos últimos anos, devido às mudanças no comportamento das pessoas que são impulsionadas pelo avanço da tecnologia e da comunicação. E, gradualmente, pessoas das mais diversas áreas profissionais e comportamentais se integram à internet, sobretudo às redes sociais, para a prestação de serviços, divulgação de produtos ou até mesmo para compartilhar o seu dia a dia com dicas.

Déborah Ribeiro, jornalista e CEO da Letra Comunicação e Marketing, em Belo Horizonte, alerta que devido a pandemia do novo coronavírus, o processo de consumo impactou esse cenário. “As pessoas passaram a permanecer por mais tempo em casa e com isso a internet foi uma grande aliada para a realização de diversas atividades”.

Além disso, a especialista lembra que muitas pessoas tiveram que se adaptar ao digital e às suas tendências, e passaram a entender que uma boa estruturação do seu perfil e imagem nesse formato pode gerar até mesmo uma boa renda. “É nessas horas que muita gente fica perdida, pois um bom perfil no digital precisa de muita sabedoria e cuidado no decorrer do processo, para que as coisas funcionem com harmonia e gere resultados”, garantiu.

Devo separar meu pessoal do profissional?

Essa é uma das principais dúvidas dos profissionais. Muitas pessoas optam pelo uso de perfis profissionais para a realização de negócios e serviços, pois preferem separar para ter mais cautela com o que gera receita. Entretanto, não alterar, não é um problema. Pode ser até mesmo a solução. Mas, requer cuidado. “Uma boa identidade visual é o ponto chave de sucesso para o seu perfil. A dica é tentar ao máximo deixar claro no início quem você é e o que aborda. Algumas redes sociais já possibilitam essa mudança. Apresentar quem você é e o que você faz, logo no início, é essencial”, afirma Déborah Ribeiro.

Outra dúvida constante é com relação ao conteúdo. Durante a quarentena, as pessoas passaram a consumir muito conteúdo informativo, de entretenimento e até mesmo educativo nas redes sociais, e em 2021, esse comportamento não vai ser diferente. “A coerência nesse momento é um ponto essencial na hora da criação de conteúdo. Isso não significa que o seu conteúdo deva ser engessado e sempre formal, mas ser coerente consigo mesmo para que haja identificação dos seguidores com o seu perfil”, completa a CEO da Letra Comunicação e Marketing, em BH.

Por isso, nada adianta utilizar uma linguagem rebuscada e muito complexa para tentar atrair credibilidade e mostrar vantagens. Mesmo que a sua especialidade seja áreas consideradas complexas e até mesmo formais, como a área jurídica, de negócios, econômica, da saúde ou imobiliária, por exemplo, a simplicidade pode salvar a alma do seu perfil. “Tente humanizar ao máximo a sua página aparecendo em fotos de conteúdos, vídeos e lives. São os conteúdos que mais engajam”, finalizou a jornalista.

 

Fonte: Deborah Ribeiro, empresária e jornalista, especialista em comunicação empresarial e marketing digital. CEO da Letra Comunicação e Marketing, em Belo Horizonte/MG.

Imagem: Divulgação

, , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.