Como aproveitar o fim do inverno sem as doenças da estação

O inverno com ele chegou e junto com ele o aumento dos casos de doenças respiratórias. Essas são as principais vilãs da população durante estações de baixa temperatura. Isso ocorre porque no frio o ar fica mais seco, concentrando mais poluentes. Além disso, as pessoas também tendem a sofrer com mais secreção no nariz e a ficarem confinadas em ambientes fechados.

“Com a chegada das baixas temperaturas, o tempo seco e a baixa umidade do ar provoca o ressecamento das mucosas das vias aéreas, tornando mais suscetíveis a crises de asma, infecções virais e bacterianas. Além disso, favorecem a maior transmissão já que as pessoas tendem a permanecer em ambientes fechados com menor circulação de ar, de forma a ocorrer a maior concentração de vírus aumentando o risco de infecção.”, explica a Alexandre Colombini, Otorrino da Clinica Fares.

A médica ainda explica que é a partir do outono e inverno, que os casos de gripes, resfriados, otites, sinusites e bronquites aumentam em consultório. As principais vitimas são crianças, idosos e pacientes de doenças crônicas, como bronquite, asma, rinite e sinusite.

Os cuidados recomendados pela especialista também são ressaltados. Segundo ele, para prevenir dessas doenças é necessário reforçar o sistema imunológico tendo uma boa alimentação, hidratação e boas noites de sono. Além disso, evitar lugares aglomerados, higienizar sempre as mãos, tossir ou espirrar com a mão na boca, e, principalmente estar com as vacinas em dia.

Saiba mais sobre algumas doenças infecciosas e suas características
Resfriado (viral): apresenta como sintomas a obstrução nasal, coceira no nariz, espirros e mal – estar;
Influenza (gripe viral): Causa os mesmos sintomas do resfriado, porém com febre, muito mal-estar e dores pelo corpo;
Sinusite (viral ou bacteriana): É a infecção dos seios da face. Os sintomas são secreção nasal, dores de cabeça, febre, tosse e dores no corpo.
Faringite (viral ou bacteriana): Causa dor de garganta, febre e até dor no ouvido;
Amigdalite (viral ou bacteriana): É a inflamação e/ou infecção nas amígdalas, por conta disso é comum ter mau hálito, dores no corpo, febre, rouquidão, dor de garganta. Em muitos casos é comum que saia pus das amígdalas.

 

Fonte: Alexandre Colombini – Clinica Fares

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.