Clube do Livro: “Ciranda de Pedra” é a discussão de junho

Neste mês de junho, o Clube do Livro de Araras terá como discussão a obra “Ciranda de Pedra”, da escritora paulistana Lygia Fagundes Telles. Publicado em 1954, o romance que explora características psicológicas das personagens será debatido no dia 26 (sábado), a partir das 16h, pela plataforma Google Meet.

Interessados em participar do bate-papo devem preencher o seguinte formulário: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScZOr1GCWBsI45IY6GPEexggM2LMxvDsqxMluhq6ntaLyw8lQ/viewform.

“O livro, dividido em duas partes, apresenta Virgínia e suas relações com o mundo, as descobertas, os medos, os segredos, as relações familiares, os amores, as separações, as frustrações, a liberdade e tudo que nos leva ao caminho do amadurecimento. A trama se passa em um contexto de classe média e classe média alta, com uma protagonista que avança, tropeça, revê o seu caminho e faz descobertas o tempo todo, questionando o que parece sólido e reavaliando se vale a pena seguir por determinadas direções ou investir em novos caminhos. Um livro essencial para quem quer conhecer um pouco mais dessa escritora tão importante para a literatura brasileira” comentou Gustavo Grandini Bastos, bibliotecário municipal.

Traduzida para várias línguas, “Ciranda” já foi adaptada para novelas em duas oportunidades, em 1981 e 2008, ambas exibidas pela Rede Globo.

Sinopse de “Ciranda de Pedra”

Quando um casal de classe média se separa, a caçula, Virgínia, é a única das três filhas que vai morar com a mãe. É do ponto de vista dessa menina deslocada e solitária que se narram os dramas ocultos sob a superfície polida da família. Loucura, traição e morte são as forças perversas que animam esse singular romance de formação, que já na época de seu lançamento, em 1954, chamou a atenção para o talento e a originalidade da literatura de Lygia Fagundes Telles. Saudado com entusiasmo por intelectuais como Antonio Candido, Paulo Rónai, Otto Maria Carpeaux e Carlos Drummond de Andrade, “Ciranda de Pedra” mantém-se há meio século como um dos livros mais amados da autora.

Lygia Fagundes Telles: quem é?

Nascida em São Paulo, em 1923, Lygia Fagundes Telles é uma das mais importantes escritoras brasileiras, autora de romances, contos e crônicas. Formada em Direito pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, atuou como Procuradora do Instituto de Previdência do Estado de São Paulo. A autora é integrante da Academia Brasileira de Letras (ABL) e já foi agraciada com inúmeros prêmios ao longo da sua carreira, como o Prêmio Camões, Prêmio Afonso Arinos da ABL e Prêmio Guimarães Rosa, também é Doutora Honoris Causai pela Universidade de Brasília (UnB).

 

Sobre o Clube do Livro

O Clube do Livro de Araras é uma inciativa independente que conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura. A iniciativa começou em 2019 com os ararenses apaixonados por literatura Danton Favaretto e Isabella Spatti. As reuniões na Biblioteca Municipal Martinico Prado começaram no mês de dezembro do mesmo ano.

Em decorrência da pandemia da Covid-19 (Sars-CoV-2), os encontros do Clube passaram a acontecer de modo virtual. Outras informações sobre o Clube do Livro podem ser obtidas pelo telefone 3551-1534 (Biblioteca).

Clube do Livro – Calendário de Leituras

2021

Junho: “Ciranda de Pedra” – Lygia Fagundes Telles

Julho: “Piquenique na Estrada” – Arkady Strugatsky e Boris Strugatsky

Agosto: “Triste fim de Policarpo Quaresma” – Lima Barreto

Setembro: “Sobre o Autoritarismo Brasileiro” – Lilia Schwarcz

Outubro: “Memórias do Subsolo” – Fiódor Dostoiévski

Novembro: “Torto Arado” – Itamar Vieira Junior

Dezembro: “2001: Uma Odisseia no Espaço” – Arthur C. Clarke

2022

Janeiro: “Admirável Mundo Novo” – Aldous Huxley

Fevereiro: “O Nome da Rosa” – Umberto Eco

 

Fonte: Secom/Prefeitura de Araras

Imagem: Divulgação

, , , , , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.