BPC: falta de inscrição no Cadastro Único pode bloquear pagamento

BPC: falta de inscrição no Cadastro Único pode bloquear pagamento

Benefício de Prestação Continuada (BPC) contempla idosos e deficientes com baixa renda; inscrição e atualização dos dados no Cadastro Único agora são obrigatórias para receber o valor pago pelo INSS

           A Secretaria de Assistência Social informa que os ararenses que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) precisam procurar o Cadastro Único para se inscrever ou para atualizar os dados pessoais. Sem isso, o pagamento feito pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) a idosos acima de 65 e deficientes em situação de vulnerabilidade social pode ser bloqueado.

Os beneficiários, ainda que não tenham colaborado para a Previdência Social, recebem de forma continuada o valor de um salário mínimo por mês. A classificação de baixa renda, exigida para os contemplados, significa que a renda familiar é inferior a ¼ do salário mínimo.

O Cadastro Único permite que o Governo Federal e os municípios conheçam melhor a realidade socioeconômica da população mais carente. Em Araras, ele funciona na sede da Secretaria de Assistência Social, na Rua Treze de Maio, 175, Centro. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, e, além do telefone fixo 3543-1700, é possível entrar em contato pelo número móvel 97108-1268, que também recebe mensagem de whatsapp.

O prazo para inscrição no Cadastro Único, para evitar o bloqueio do pagamento do BPC, já foi adiado três vezes pelo Ministério da Cidadania. Agora, os bloqueios serão retomados apenas em 2021, conforme o calendário a seguir.

 

 

Secom/Prefeitura de Araras

, ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.