Aos 98 anos de uma vida intensa Orley Camargo Schmidt se foi.

Hoje acordei com a notícia que Deus chamou pra perto meu primeiro biografado.

O homem apaixonado pela “encantadora” Maria Herminia, como assim ele a definiu no livro. Advogado, despido de todas as vaidades, dedicou-se a fazer o progresso acontecer em Araras. Rotariano, governador 1979-1980 do Distrito 4590, pai, avó… contador de inesquecíveis histórias. Para a esposa ele foi a perfeita personificação do que é o “amor”. Homem elegante e ao mesmo tempo austero. Um exemplo de dedicação a tudo o que se propôs a fazer. Aplausos, Dr. Orley. Sua vida foi digna!

Rafael Faria

,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.