Alara precisa de alimentos e produtos de higiene pessoal, diz entidade, em visita do vereador Felipe Beloto

A Alara (Associação Laço Rosa de Araras), entidade que acolhe, orienta e oferece ações de prevenção a portadoras de câncer de mama e ginecológico, está precisando de gêneros alimentícios para montagem de cestas básicas destinadas a famílias das mulheres atendidas pela organização. E também necessita de produtos de higiene pessoal, para serem destinados às pacientes.

A informação foi uma das que a presidente da entidade, Rosa Maria Scanavini, deu ao vereador Felipe Beloto (PR), que a convite, visitou na tarde da última quarta-feira (31) a sede da organização, localizada no Jardim Nova Araras, vizinho à EE Francisco Graziano.

O local, uma antiga chácara urbana do município, foi cedido à Aehda (Associação de Educação do Homem do Amanhã) de Araras que, por sua vez, permitiu à Alara que ali desenvolva seus trabalhos. Todo o trabalho ali desenvolvido é beneficente e inteiramente gratuito.

Mulheres de todas as idades
Segundo Rosa, a Alara vive hoje exclusivamente de doações voluntárias. E atende cerca de 60 mulheres vítimas de câncer de mama ou ginecológico. “Atendemos mulheres de 15 a mais de 70 anos, pois, infelizmente, o câncer não escolhe faixa etária”, diz ela, acrescentando que a entidade precisa dos alimentos para assegurar o fornecimento de cestas básicas que são importantes para amenizar o sofrimento de muitas famílias que necessitam.

Itens como arroz, feijão, açúcar, macarrão, óleo de soja, café em pó, leite longa
vida, etc, são muito bem vindos para a montagem das cestas. “Muitas mulheres que nós atendemos são extremamente carentes. E passando por um tratamento crítico como é o do câncer, elas e suas famílias ficam ainda mais fragilizadas. Fornecer a cesta básica é um modo de dar um pouquinho mais de apoio para que elas possam ter um pouco de tranquilidade para se tratar”, comenta. “E os itens de higiene pessoal, tais como xampu, sabonete, pasta de dente, desodorante e até outros como filtro solar, são muito necessários para que elas possam se cuidar e manter a autoestima”, acrescenta.

Trabalho criterioso
Beloto ouviu algumas outras demandas da Alara e conheceu em detalhes várias ações realizadas pela instituição. No local, pacientes de câncer têm reuniões de orientação, atendimento com psicóloga e podóloga, cursos, oficinas de artesanato, cafés comunitários, entre outras. “E em breve teremos atividades de valor terapêutico complementar, como cultivo de horta”, contou a presidente ao vereador.

A Alara fornece, ainda, itens como soutiãs ortopédicos, com próteses removíveis e também entrega, gratuitamente, uma almofada especial em formato de coração, feita especificamente para ser usada sob a axila, no período pós operatório da mastectomia. Conhecida como Heart Pillow, e desenvolvida nos Estados Unidos, a peça tem características muito especiais, como peso exato de 150 gramas e revestimento em puro algodão, para não causar alergias. “Essa almofadinha reduz muito a dor da ferida cirúrgica”, explica Rosa.

Beloto se disse muito impressionado com o trabalho da Alara. “É maravilhoso ver o que vocês realizam aqui. Espero poder acompanhar sempre, ajudar no que for possível, e que a cidade, seja por meio do poder público ou da sociedade civil, saiba valorizar sempre a atuação de vocês”, completou.

Como ajudar a Alara?
Para doar gêneros alimentícios, produtos de higiene pessoal, ou dinheiro, ou mesmo para prestar apoio voluntário nas atividades da instituição, basta contatar o celular 19-9 9607 8277, ou o telefone fixo 3351-5545. Há também um e-mail disponível: [email protected] A página da Alara no Facebooké @alara.araras.
A Alara fica na Rua das Árvores, 219, Jardim Nova Araras.

Fonte: Gabinete Vereador Felipe Beloto

,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.