A importância do Branding: confira dicas para gerir sua marca e fazer seu negócio crescer

“A primeira impressão é a que fica”, diz o ditado popular muito conhecido por todos. De fato, sempre existe um pré-julgamento quando se entra em um determinado ambiente, seja ele físico ou digital, onde existem pessoas e assuntos desconhecidos, por isso é preciso estar a todo momento bem alinhado, principalmente, quando se quer passar alguma autoridade, já que será impossível ter novamente uma primeira impressão. É preciso um bom branding.

Para que um negócio inserido no mercado convencional ou digital tenha sucesso, o primeiro objetivo do empreendedor sempre deve ser o de ganhar e fidelizar consumidores e isso só é possível quando são definidas e aplicadas boas estratégias de branding de marca.

A especialista em marketing digital  “https://instagram.com/paulinhaa.br”Ana Paula Araújo, CEO da empresa  “https://instagram.com/souconnectmkt”Connect Soluções Digitais, explica que “Branding é o procedimento de fazer a sua marca. É como você quer se apresentar ao público e isso vale tanto para uma empresa, quanto para a vida pessoal. Ambas são construídas diariamente por meio de ações e características empregadas”.

Distinguindo ainda mais o conceito e separando o branding pessoal do branding de marca, a especialista explica que na vida privada a todo momento estamos fortalecendo a nossa imagem individual, seja pela maneira que escolhemos nos vestir, pelos nossos comportamentos ou até mesmo pela maneira de nos comunicarmos. Assim, a especialista explica o branding pessoal.

“Você é a sua própria imagem e a maneira que você vive e seu lyfestile reforçam a sua marca. Então, por exemplo, uma pessoa que se veste de maneira desleixada ou é sem educação tem que entender que essa imagem ruim é a que ela está passando às pessoas a sua volta e, consequentemente, gerando um conceito na mente de cada um acerca dela”, diz a especialista.

Ana Paula ainda acrescenta: “Para ter um branding pessoal positivo é preciso estar sempre bem vestido, tratar bem as pessoas e mostrar sempre uma imagem positiva a seu respeito. Isso é um bom branding pessoal. É como você decide se posicionar socialmente no dia-a-dia e como todos ao seu redor passam a te enxergar”.

O Branding pessoal do empreendedor merece o mesmo cuidado e atenção dedicado ao branding de marca de seu negócio, pois muitas vezes um interfere no resultado do outro.

Sobre o branding de marca, Ana Paula afirma que se trata de um conjunto de ações, associadas a estratégias de marketing de comunicação, que visam tornar a marca mais conhecida pelo seu público-alvo, aumentando a lembrança na mente dos consumidores e melhorando a percepção de valor que eles têm em relação à empresa.

Quando bem executado, o branding pode perdurar por muito tempo. “As pessoas querem consumir pelo valor agregado que os produtos oferecem. Por exemplo: a empresa Channel é uma entidade que já possui um posicionamento no mercado tão forte que, se qualquer pessoa for vista usando algo da marca, as outras ficam admiradas. É importante posicionar a imagem da empresa para o seu público ideal: se quer ser visto como uma marca popular, de bairro, mais simples ou se prefere ser visto como uma marca mais exclusiva, de valor”, explicou a especialista, que ainda lembra que o crescimento de uma marca, até que ela se torne conhecida é um processo gradativo.

A especialista dá 4 dicas de como construir um bom branding de marca:

1) Construa a sua marca: Elabore a sua identidade visual, escolha bem a paleta de cores, logotipo e topografia.

2) Posicionamento: Defina bem os valores da empresa, o tipo de linguagem que vai te aproximar do seu público, tom de voz e o tipo de mensagem que você quer transmitir – isso tem a ver com os valores.

3) Ponto de vendas: Para o seu produto ou serviço, identifique onde as pessoas que podem consumi-los estão e se faça presente, cuidando sempre da aparência da marca para favorecer a conexão entre seu negócio e o seu público-alvo.

4) Conteúdo de valor: Produza conteúdos que reforcem a sua identidade visual, com ênfase nas cores, logo, valores, personalidade da marca e interação com a sua audiência. Elabore bons textos, crie peças e campanhas publicitárias interessantes, bem como, se for o caso, e-books, audiobooks, infográficos e webinários.

É através do Branding, seja ele pessoal ou de marca, que se constrói um posicionamento positivo diante da imagem que se deseja transmitir ao seu redor ou à sua audiência.

 

Fonte: Ana Paula Araújo, CEO da empresa  Connect Soluções Digitais

Imagem: Divulgação

, ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.