Centro Pró-Arara recebe mais duas aves para reabilitação

Espécies de araras híbrida e vermelha vieram do CETA de Lorena/SP, na última semana; aproximadamente 170 aves são reabilitadas no município
Mais duas araras chegaram ao CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) – Pró-Arara, instalado no Lago Municipal. As espécies híbrida e vermelha vieram do CETA (Centro de Triagem de Animais Silvestre), da cidade de Lorena/SP, na última semana.
“Esses animais vieram para nós, na tentativa de reabilitação. A híbrida, mesmo sendo fértil, não pode ser devolvida para a natureza, pois ela é um cruzamento da arara-vermelha com a arara-canindé, e os estudos mostram que com o passar das gerações, as espécies ficam cada vez menos férteis, o que pode comprometer o desenvolvimento destas aves. Por esse motivo, após a reabilitação desta ave, nós temos duas opções: ou ela fica aqui conosco, para os visitantes conhecem mais essa espécie diferente, ou será enviada para locais de preservação, como zoológicos e mantenedores capacitados. Já a vermelha, com o passar do tempo e estando apta, ela pode ser solta normalmente em nosso município”, explicou a veterinária do Pró-Arara, Fernanda Senter Magajevski.
No momento, o Pró-Arara conta aproximadamente 170 aves. Dentre as araras, o Centro conta com quatro espécies: arara-macau (Ara macao), arara-canindé (Ara ararauna), arara-vermelha (Ara chloropterus) e a híbrida. Os outros exemplares são periquitos, em destaque ao periquito-da-caatinga (Eupsittula cactorum), papagaios, tucanos, gaviões, corujas, entre outros. Além das aves, há no espaço dois ouriços e dois gambás.
Desde a inauguração, agosto de 2014, mais de 1.000 animais já passaram pelo CRAS Pró-Arara. “A nossa estimativa é que, deste total, 60% foram reabilitados e devolvidos para a natureza. O tempo de reabilitação é relativo. Tem animais que conseguem estar aptos em seis, oito meses, outros, em alguns anos”, finalizou a veterinária.
Atualmente, o Pró-Arara vem recebendo aves vítimas de maus tratos e com ferimentos provenientes da própria natureza.

Mais informações sobre o Centro podem ser obtidas pelo telefone 3542-3538.

Fonte: Secom/Prefeitura de Araras

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.